Baixar vídeo(flv) do YouTube/Vimeo no Ubuntu

Até alguns minutos atrás eu fazia isso usando o Firefox junto com o plugin Download Helper, só que isso começou a dar um pouco de dor-de-cabeça devido os constantes crashes do Firefox. Resolvi procurar uma alternativa para isso, e não precisei procurar muito para encontrar:

Youtube-dl para baixar os videos do YouTube;
Vimeo Downloader 0.1 released para baixar videos do Vimeo.
Update: Vimeo Downloader 0.3 released agora com suporte a vídeos em HD.

Os dois links explicam como utilizar, é bem simples, testei rapidinho e foi na boa. Uma pena os não ser um único script/app para fazer o download tanto do YouTube como do Vimeo. Se alguém precisar de um help ou conhecer uma opção melhor, deixa um comentário, por favor.

[],s


Como o Rake pode te ajudar?

Para responder essa pergunta, acesse o console e dentro de um projeto Rails  rode a tarefa rake -T , você verá uma lista de tarefas que o rake pode fazer.

Dentre elas existe uma muito interessante que estou me acostumando a usar e estou curtindo muito:

rake notes

Essa tarefa rake procura no seu código comentários com as palavras custom, fixme, optimize e todo, mostrando o nome do arquivo e linha onde foi adicionado o comentário.

Também é possível filtrar:

rake notes:custom
rake notes:fixme
rake notes:optimize
rake notes:todo

Isso pode te ajudar a ficar focado na funcionalidade que está trabalhando no momento, sem precisar tomar alguma decisão que faça você perder o “fio da meada”.

[]’s


Operador ternário em JavaScript

Primeiramente, esse é um daqueles posts que uso de cola/consulta =)

Estava fuçando em um código JavaScript e me deparei com um operador ternário ou move condicional:


	var var_sexo = "M";
	var sexo = ((var_sexo == "M") ? "Masculino" : "Feminino") ;
	document.write(sexo);

Ta ai! Pode seu útil um dia.

[]’s


Learn to Proagram

Recentemente terminei de ler o livro Learn to Program escrito por Chris Pine. O livro tem versão online e tradução em alguns idiomas, como por exemplo português.

O livro é muito bom, porém não é um livro para se conhecer as melhores coisas que o Ruby oferece, e sim para se acostumar com a forma que o Ruby trabalha.  Ótimo para quem esta começando a programar.


Usando Sqlite no Rails

Motivado por esse, resolvi escrever esse post sobre sqlite3.

Com o Ruby e o Rails já instalados, precisamos de dois arquivos:

*sqlitedll-3_6_17.zip que deve ser alocado na pasta c:\windows\system32.

*sqlite-3_6_17.zip que pode ser alocado na pasta c:\ruby\bin. Como esse diretório já esta configurado no PATH do Win, o sqlite3 responderá as chamadas em linha de comando.

Depois é necessário instalar o adapter de Ruby para Sqlite3. Isso pode ser feito através do comando:

gem install sqlite3-ruby

Pronto. Para verificar a instalação do Sqlite digite o comando sqlite3, deve retornar a versão do sqlite que foi instalada. Para verificar se o adapter foi instalado, digite gem list e procure o sqlite3 na lista de gems instaladas.

Antes de rodar uma aplicação que use o Sqlite pela primeira vez, é necessário rodar o comando rake db:create para criar os arquivos de banco do sqlite3.

Espero ter ajudado.


Helper de imagem no Rails

Código helper (colocado na view):

<%= image_tag "nome_img.jpg",
            :alt => "Descricao img",
            :id => "id_img",
            :width => "16px",
            :height => "16px" %>

HTML gerado:

< img src="/images/nome_img.jpg"
     id="id_img"
     height="16px"
     width="16px"
     alt="Descricao img" />

Esse é um exemplo de como usar o helper de imagem no Rails.
Onde coloquei o nome da imagem também pode ser passado uma URL, e os demais parâmetros são opcionais.

Sim, esse é um post para consultar a sintaxe quando necessário.
Alguns editores bons podem ajudar com os helpers, mas para quem não tem um editor bom o bastante, fica ai a dica.


Instalando Ruby e Rails no Ubuntu 9.04

Na internet não é difícil encontrar tutoriais para instalação de Ruby e Rails no Utuntu, só que alguns fazem algumas “manobras” muito complexas para o mesmo resultado que vou apresentar agora. Então vamos lá.

Instalando Ruby

No prompt digite o comando:

sudo apt-get install ruby

Pronto, está instalado. Para testar digite o comando:

ruby -v

A resposta deve ser a versão do Ruby que foi instalada.

Instalando Rails

O processo é praticamente o mesmo, basta executar o comando:

sudo apt-get install rails

Em seguida confirme que quer continuar com a instalação e pronto. Para testar execute os comandos:

rails nome_aplicacao
cd nome_aplicacao
scritp/server

O primeiro comando cria toda a estrutura de uma aplicação Rails. O segundo acessa o diretório da aplicação que foi criada apenas para rodar o terceiro comando que sobe o servidor WEBrinck. Depois é só acessar a url http://localhost:3000/ em seu navegador que carregará o template default do Rails.

Estou começando a usar o Ubuntu agora e estou me divertindo muito, espero continuar empolgado. Abs.